15 de nov de 2011

Meu blog no Rioeduca.net

Confiram o relato completo do projeto no site do Rioeduca publicado pela professora Angela Freitas   

Projeto Língua Portuguesa, Crítica e Tecnologia com Rio: o Filme

"O trabalho com projetos em sala de aula proporciona aos alunos uma aprendizagem mais prazerosa e significativa."  

Obrigada, Angela! Como sempre, texto impecável! Adorei o post!!


 

7 de nov de 2011

Contos sobre tela


 Contos sobre tela

O tema estudado no segundo bimestre de 2011, na turma 1703, foi a Narrativa, seus elementos e sua estrutura.

Propus uma série de atividades de leitura e produção de textos. Uma delas foi o que chamei de Contos sobre tela
Para realizar esta oficina de texto, inspirei-me num livro do mesmo nome da Editora Pinakotheke, do escritor e jornalista MARCELO MOUTINHO, no qual vários autores foram convidados a escrever seus contos baseados em obras de arte. 
 Para que os pequenos textos fossem escritos pelos alunos da turma 1703, organizei-a em grupos, apresentei aos grupos algumas telas e cada um escolheu a tela de que mais gostou.

A proposta foi, além de produzirem os textos a partir das obras, os grupos deveriam também adaptar as narrativas para os dias de hoje. Conseguimos, com isso, textos com temas bem atuais.

Confiram alguns resultados!

Obrigada à turma 1903 que ficou responsável pela 
digitação e revisão das produções e,
parabéns à turma 1703 pelo ótimo trabalho!!

 CANDIDO PORTINARI, Retirantes (Retirantes), 1944
Óleo s/ tela 190 x 180 cm.
Retirantes 

Era uma vez... uma família muito pobre que vivia no deserto com muita dificuldade. tinham fome e sede.
Eles eram bastante unidos como diz o ditado: "um por todos e todos por um".
Eles eram retirantes, não tinham casa, pois ocorreu uma guerra na terra deles e outros povoados tomaram suas casas. Estavam sempre procurando um lugar pra ficar.

Autor: Artur

(Digitação e revisão: Cecília, Anna e Caio - T.1903)


Um Domingo à Tarde na Ilha da Grande Jatte, 1884 - 1886
Óleo sobre tela 207,6 x 308 cm


Uma tragédia no domingo 

Era uma vez... em um belo dia, famílias que gostavam de ir à Quinta da Boa Vista para passear, tomar banho de sol e brincar com as crianças. Uma das famílias tinha marcado de ir todos os domingos. Mas o inesperado aconteceu, uma de suas filhas sumiu. Então todas se juntaram e fizeram uma multirão e saíram à procura da criança.
Todos começaram a procurar pra lá e pra cá. Seus pais, desesperados, foram levados para o hospital enquanto, os outros, procuravam as crianças.
Um grupo de meninos estava brincando na grama natural quando resolveram dar um mergulho no lago e, de repente, um deles deu um grito, socorro! socorro! Então os amigos foram ver o que era e, era a pobre criança que tinha sumido. Assim, pegaram a criança e levaram ao encontro de seus pais. A criança faleceu antes mesmo de chegar ao hospital.

Autores: Greacy Kelly, Laís, Ezequiel, Camila e Gabriely

(Digitação e revisão: Cecília, Anna e Caio - T.1903)

30 de out de 2011

Filme na sala de aula - A crítica



Projeto 
O filme na sala de aula
A crítica de cinema
Os alunos assistiram ao filme Rio e, em seguida, tiveram acesso a uma série de produções midiáticas que abordaram e esclareceram questões sobre a obra de Carlos Saldanha.

Apresentei para a classe duas entrevistas com o diretor do filme, lemos algumas críticas de cinema para nos familiarizarmos com a estrutura do gênero e, por fim, asssitimos ao making of da produção.

Após conversarmos sobre tudo o que vimos, propus aos alunos que redigissem suas próprias críticas e,
já que estavam munidos de bastante informação, agora poderiam deixar suas impressões sobre o que fora estudado, desempenhando o papel de críticos de cinema. 

Essa atividade foi mais um dos desdobramentos do Projeto O filme na sala de aula.

Vejam alguns dos resultados!!
Obrigada, Eduarda e Julia por digitarem e revisarem as produções!!

Rio, um filme muito carioca
Rafael Ferreira T: 1.902


Um filme de desenho animado muito bem feito e bem produzido por Carlos Saldanha.
Feito por uma pessoa muito talentosa que, finalmente, mostra a nossa cidade ao mundo do jeito que é, bela, animada e com pessoas bem humoradas. Mas, não só mostra o lado positivo, mostra também o lado negativo da cidade, como o contrabando de animais silvestres.
Blu é vivido e dublado por Jesse Eisenberg: uma é ararinha azul que brutalmente foi retirada do seu habitat natural para a comercialização. Jade é a última arara azul fêmea de sua espécie. Juntos, Blu e Jade viveram aventuras com a bela cidade carioca ao fundo.

Um filme maravilhoso de Carlos Saldanha
Eduarda Costa Silveira T: 1.902
Saldanha aproveitou a tecnologia americana para fazer um filme sobre sua cidade natal, Rio de Janeiro.
O filme Rio muda toda a visão dos estrangeiros sobre a nossa cidade linda e maravilhosa que, como qualquer outra cidade tem seus problemas. No filme, Carlos Saldanha aponta o contrabando de animais silvestres, que são representados por duas ararinhas elegantes (Blu e Jade), mas como tudo que é ruim dura pouco, Linda, Túlio e Fernando emocionam-se ao verem a ararinha azul Blu superando seu medo de voar tendo que carregar Jade, ferida, de volta ao ponto de onde foram levados.
Além de mostrar todas as nossas belas paisagens o filme também tem músicas muito bonitas!

Rio, uma expressão de amor à cidade
Júlia da Graça Cunha Monte T: 1.902
O filme Rio (obra de Carlos Saldanha) expressa totalmente o seu amor pelo Rio de Janeiro. O filme narra a história de uma ararinha azul (Blu) que é o ultimo da sua espécie. Na volta para o Rio, Blu apronta poucas e boas nas paisagens mais belas da nossa cidade. O filme também ajuda a mudar completamente a forma de pensar dos estrangeiros. Essa história de superação faz o mundo enxergar a vida e o Brasil de uma forma mais bonita.
Parabéns Saldanha!


Abaixo, alguns links de entrevistas e críticas que utilizei como Objetos de Aprendizagem.

Entrevistas com o diretor:
http://www.youtube.com/watch?v=E7lbyEMXgJY
http://www.youtube.com/watch?v=SvrAgNUfbdc
Crítica:
http://www.youtube.com/watch?v=fJNuJCHfOog
Video http://youtu.be/0YYwXmBvjFg

29 de out de 2011

Filme na sala de aula - Produção de vídeo



Projeto Bairros do Rio

As turmas do 9° ano assistiram ao filme Rio e desenvolveram uma série de atividades relacionadas à produção cinematográfica.

A ação pedagógica teve seus desdobramentos e um deles foi a pesquisa histórica e cultural realizada sobre alguns bairros do Rio de Janeiro.

Após a exibição do filme e do encantamento que ele provocou na turma, fiz a proposta da pesquisa para os alunos e, para a minha felicidade, eles toparam na hora! 
A partir daí, começamos a desenvolver o projeto. 

Além da pesquisa histórica e cultural, os grupos deveriam também produzir um vídeo. Cada grupo escolheu um bairro e partimos para a produção.
Os próprios alunos fizeram a pesquisa, a seleção de imagens e músicas e, também, a montagem dos vídeos.

Confira um dos vídeos que teve como tema o bairro do Méier!!
     


Parabéns 9°ano! 
O trabalho de vocês está lindo!!

22 de set de 2011

Buckminster


 

Buckminster disse: que se você quer ensinar uma nova forma de pensar às pessoas, não tente discursar para elas ou instruí-las. Em vez disso, forneça-lhe uma ferramenta, cujo uso leve a novas formas de pensar...

 by Moisés Zylbersztajn

 

8 de mar de 2011

Linguagens

Linguagens

A turma 1703 da E.M. Francisco Jobim se empolgou com a diversidade de linguagens verbais e não-verbais utilizadas na comunicação e preparou uma pesquisa caprichada e ainda uma exposição.
Ficou lindo!
Confira os cartazes.

Créditos fotográficos: Thiago (T.1902)




Contos de fadas

Oficina de textos

O nono ano da E.M. Francisco Jobim começou 2011 a todo vapor.
A partir da sugestão de produção de texto da apostila de revisão em que os alunos deveriam escrever um novo final para os contos de fadas, eles não só fizeram isso, como também atualizaram as histórias com muita criatividade, inventividade e irreverência.
Confira alguns resultados!

Nem tudo é um conto de fada

Após cinco anos de casados, Cinderela e seu Príncipe se separaram. Tiveram 4 filhos. João, Mário, Pedro e Maria. João e Maria moram com Cinderela em uma favela na Zona Norte. Mário e Pedro moram com o Príncipe em uma cidadezinha no interior.
Cinderela dá duro, acorda as 5:00 hs para pegar o ônibus e ir para o batente. Trabalha como doméstica e ganha muito pouco. Já o Príncipe, que se mudou para o interior, passou por algumas necessidades mas se sustenta com bicos que faz pela cidade. Os filhos de Cinderela e do Príncipe conseguiram estudar e todos se formaram, pois eles eram a esperança de seus pais. Os pais fizeram de tudo para os filhos terem oportunidades que eles não tiveram quando eram mais novos de terem uma vida digna.


Moral da História:
Mostrar um pouco da realidade que acontece no dia-a-dia de algumas pessoas não faz mal a ninguém.

Alunos: Caio Seixas e Jackson Leonel.




Branca de Neve no Maracanã

 
... Branca de Neve dá uma mordida na maçã envenenada e desmaia. Então, os anões, correm atrás da bruxa desesperadamente e a cercam na beira de um penhasco, dão um empurrão nela e a bruxa cai e morre. Aí chega o príncipe, dá um beijo na Branca de Neve e os dois se casam e passam a lua de mel no Rio de Janeiro. Após o casamento eles resolvem ir ao maracanã para assintir ao jogo Flamengo X Fluminense porque esse era o grande sonho de Branca de Neve. O Flamengo ganhou e ela ficou muito feliz! Após o jogo Barnca de Neve e o Príncipe foram para Copacabana ver o pôr-do-sol e viveram felizes para sempre.
Alunos: Nayara Rosa, Cecilia Moraes, Amanda Araujo, Robert Alef


11 de fev de 2011

Educopédia

A Educopédia é uma plataforma colaborativa de aulas digitais elaborada por professores da Rede Municipal de Educação do Rio de Janeiro.

Confira!

10 de fev de 2011

Educopédia

Conheça a Educopédia!

Veja que dizem os professores, alunos e diretores que testaram a Educopédia.
Assista aos vídeos e descubra!

O que dizem os educopedistas



Experiências com a Educopédia


Navegando na Educopédia


Saiba mais. Acesse o Rioeduca!